SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 issue3The human being in the singular man: the historical-cultural approachTo love violently: from essentialist approaches to love as a performance author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia & Sociedade

Print version ISSN 0102-7182

Abstract

ROCHA, Tatiana Gomes da  and  PINHEIRO, Francisco Pablo Huascar Aragão. Políticas cognitivas da psicologia comunitária: a meio caminho entre a recognição e a invenção. Psicol. Soc. [online]. 2011, vol.23, n.3, pp. 486-495. ISSN 0102-7182.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-71822011000300006.

O artigo discute como as práticas em psicologia comunitária constituem um campo de produção de subjetividade, atentando para as políticas cognitivas derivadas de seus pressupostos epistemológicos, teóricos e políticos. Observa-se o compromisso de transformação social defendido por esta área da psicologia, ressaltando seus efeitos para a subjetividade produzida em comunidades. A partir das considerações levantadas, observou-se que a ideia de conscientização, bem como a concepção dos conflitos a partir de um esquema opressor-oprimido, dentre outros aspectos, incorrem em políticas recognitivas. Por outro lado, a postura dialógica do psicólogo comunitário, além da valorização atribuída às potencialidades existentes nos espaços populares, aproxima-se de uma política da invenção.

Keywords : psicologia comunitária; produção de subjetividade; políticas cognitivas.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese