SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 special issueMicropolitics in mental health: a history process in a health institution author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia & Sociedade

Print version ISSN 0102-7182

Abstract

FERNANDES, Angela Maria Dias  and  JOCA, Emanuella Cajado. O 18 de maio como espaço de investigação e formação. Psicol. Soc. [online]. 2011, vol.23, n.spe, pp. 170-176. ISSN 0102-7182.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-71822011000400020.

Um coletivo em formação na área da Psicologia. A Instalação 18 de maio no campus de uma Universidade Pública. A Análise Institucional como temática de uma disciplina de teorias e técnicas de pesquisa em Psicologia. Esses três elementos construíram um campo onde as técnicas do Teatro do Oprimido e a construção conceitual das palavras geradoras, de Paulo Freire, problematizaram a produção da loucura a partir de uma pesquisa/intervenção. O trabalho aqui apresentado, que aborda questões-limite da desistitucionalização da loucura, possibilitou perceber como a sociedade construiu um espaço institucionalizado da doença mental que ultrapassa os muros dos manicômios formando subjetividades. A experiência com estudantes de Psicologia proporcionou um momento de formação profissional dialógico e de reflexão crítica das práticas sociais com os sujeitos encarcerados como 'desviantes da ordem', e, facilitou o aprendizado do manejo da teoria e das ferramentas da Análise Institucional, reafirmando uma importante perspectiva técnica de intervenção social.

Keywords : luta antimanicomial; análise institucional; formação profissional; teatro do oprimido.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese