SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue1Psychosocial construction of competition: the inveracity in cumplicity of a fake lifeHomo sapiens, Homo demens and Homo degradandis: human psyche and the environmental crises author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia & Sociedade

Print version ISSN 0102-7182

Abstract

BEIRAS, Adriano; MORAES, Maristela; ALENCAR-RODRIGUES, Roberta de  and  CANTERA, Leonor M.. Políticas e leis sobre violência de gênero - reflexões críticas. Psicol. Soc. [online]. 2012, vol.24, n.1, pp. 36-45. ISSN 0102-7182.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-71822012000100005.

Leis e políticas públicas dirigidas a assuntos relacionados à violência de gênero merecem reflexão no momento de aplicação e análise. Enquadradas em uma sociedade heterocentrista e patriarcal, sua aplicação não está isenta de dificuldades, armadilhas e lacunas. Este texto, tendo como base de análise a psicologia crítica, estudos de gênero pós-estruturalistas, teoria queer e criminologia crítica, pretende ser um convite a reflexão sobre como estas leis e políticas tem contribuído para construção e permanência de um estereótipo e antinomia homem-maltratador versus vítima-mulher. Para este fim, vemos necessária a ênfase aos processos desde onde os sujeitos produzem gênero. Nossa motivação é contribuir com ferramentas de análise que permitam abrir novas perspectivas para a intervenção jurídica e assistencial. Como reflexões conclusivas, ressaltamos a importância de liberar-se de um discurso dicotômico e linear, de estar atento a relações de poder e considerar diferenças e particularidades descentradas do normativo e de posicionamentos fixos heterocentrados.

Keywords : lei; políticas [gênero]; violência.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese