SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue1Psychology and public security: invention of other machines of warSocio-spatial segregation, constitution of subject and meaning dailylife author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia & Sociedade

Print version ISSN 0102-7182

Abstract

SILVA, Míria Ribeiro Neto da  and  FERES-CARNEIRO, Terezinha. Silêncio e luto impossível em famílias de desaparecidos políticos brasileiros. Psicol. Soc. [online]. 2012, vol.24, n.1, pp. 66-74. ISSN 0102-7182.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-71822012000100008.

Tendo como cenário a história política recente do Brasil e partindo dos fundamentos da teoria da transmissão psíquica geracional, o presente trabalho discute as questões relacionadas ao luto impossível e ao silêncio imposto pelos "segredos de Estado" às famílias de ativistas políticos desaparecidos durante o regime militar. Para ilustrar a discussão, dois membros de duas famílias de desaparecidos políticos, indicados pelo grupo Tortura Nunca Mais, foram entrevistados. Essas famílias ainda buscam preencher uma memória esburacada, que só poderá ser resgatada pela inscrição temporal dos acontecimentos, através da ritualização do luto e do conhecimento das circunstâncias da morte de seus entes, finalizando um ciclo inacabado. As situações traumáticas não reconhecidas pela sociedade, e por isso não legitimadas, provocaram nessas famílias uma incapacidade de elaboração do trauma e de sua superação.

Keywords : trauma; segredo; luto impossível; silêncio imposto; desaparecidos políticos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese