SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue2Choice and vocational guidance of students from popular pre-university courseSchool's cartographies: controls and potencies in communication practices author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia & Sociedade

Print version ISSN 0102-7182

Abstract

SANTOS, Michele Araújo  and  SANTOS, Maria de Fátima de Souza. Representações sociais de professores sobre o autismo infantil. Psicol. Soc. [online]. 2012, vol.24, n.2, pp. 364-372. ISSN 0102-7182.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-71822012000200014.

Este trabalho teve o objetivo de investigar, a partir da teoria das representações sociais, as ideias de senso comum que circulam entre professores acerca do autismo infantil. Buscamos compreender a lógica interna de tais teorias populares, mapear os saberes que as apoiam e as imagens que as concretizam. Os 16 participantes do estudo compuseram dois grupos: 9 professoras experientes na educação de crianças autistas e 7 professores sem experiência com tais crianças. Os dados obtidos através de entrevistas semi-estruturadas permitem concluir que paradoxalmente, a aproximação com o objeto não parece conduzir a uma maior familiarização. De maneira geral, há incertezas e fluidez  quanto a considerar o autismo uma desordem orgânica ou o resultado de complicações relacionais precoces; em acreditar que essas crianças apresentam inteligência acima da média ou deficiência intelectual. Os professores constroem, assim, autismos diversos, num processo de conhecimento ancorado em variados repertórios, dentre eles, a psicanálise e neurociências.

Keywords : representações sociais; autismo infantil; educação.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese