SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue2Revascularization surgery of the myocardium in the elderly patients: descriptive study in 144 patientsMidterm results of annuloplasty repair with bovine pericardial orthesis in rheumatic mitral insufficiency author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular

Print version ISSN 0102-7638

Abstract

DIAS, Ricardo Ribeiro et al. Cirurgia da valva aórtica: estudo prospectivo e randomizado da miniesternotomia versus cirurgia convencional. Rev Bras Cir Cardiovasc [online]. 1999, vol.14, n.2, pp. 98-104. ISSN 0102-7638.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-76381999000200005.

Objetivos: A cirurgia minimamente invasiva objetiva, através de menor trauma cirúrgico no paciente, recuperação mais rápida, menor tempo de internação em unidade de terapia intensiva e hospitalar, assim como menor dor e custo hospitalar. Através de estudo clínico prospectivo e randomizado, visamos avaliar as vantagens da cirurgia minimamente invasiva da valva aórtica sobre a cirurgia convencional. Material e Métodos: Foram 40 pacientes consecutivos, portadores de doença da valva aórtica, com idade inferior à 80 anos, submetidos à primeira cirurgia, de forma prospectiva, randomizados por computador em 2 grupos (miniesternotomia em L invertido e de forma convencional), no período de junho de 1997 a agosto de 1998. Todos os pacientes foram operados seguindo-se protocolos cirúrgicos pré estabelecidos, Ambos os grupos eram clinicamente semediantes. As seguintes variáveis foram avaliadas: tamanho da incisão, tempos de isquemia, de circulação extracorpórea e de cirurgia, tempo de internação hospitalar e em UTI, tempo de extubação, sangramento, dor e mortalidade. Os dados foram submetidos a análise estatística pelos testes T de Student, de Mann Whitney e o Exato de Fisher. Resultados: O grupo submetido à cirurgia minimamente invasiva para a troca da valva aórtica apresentou tempos de isquemia e de circulação extracorpórea significativamente maiores que o grupo convencional (respectivamente p=0,006 e p=0,041). O tamanho da incisão foi significativamente menor (p<0,001). As demais variáveis analisadas não apresentaram diferenças estatisticamente significativas. Conclusões: Observou-se efeito cosmético melhor devido a incisão menor pela técnica da miniesternotomia e menores tempos de isquemia e circulação extracorpórea através da cirurgia convencional. As demais variáveis estudadas apresentaram resultados semelhantes para ambos os grupos.

Keywords : Valva aórtica [cirurgia]; Procedimentos cirúrgicos minimamente invasivos; Estudos prospectivos.

        · abstract in English     · text in Portuguese