SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número1Novo eletrodo para implante de marcapasso em fetos com bloqueio atrioventricular totalExtubação imediata em cirurgia cardíaca: avaliação pelo eletroencefalograma índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Cardiovascular Surgery

versão impressa ISSN 0102-7638versão On-line ISSN 1678-9741

Resumo

TYSKA, André Luiz et al. Endarterectomia de artérias coronárias: técnicas e resultados em estudo com grupo controle. Rev Bras Cir Cardiovasc [online]. 2003, vol.18, n.1, pp.45-52. ISSN 1678-9741.  https://doi.org/10.1590/S0102-76382003000100010.

OBJETIVO: Os resultados descritos das endarterectomias de artérias coronárias (EAC) refletiam as experiências iniciais e demonstravam uma maior morbidade pós-operatória e mortalidade imediata, tornando seu valor controverso. Com o aprimoramento técnico, o papel da EAC vem sendo revisto. O presente estudo tem como objetivo avaliar os nossos resultados com a EAC e apresentar a nossa conduta frente aos pacientes com doença coronariana difusa. MÉTODO: De um total de 278 pacientes submetidos a revascularização isolada, entre janeiro de 2000 e dezembro de 2001, 32 (11,5%) foram endarterectomizados formando o grupo EAC. O grupo controle foi formado por pacientes com características semelhantes a cada paciente do primeiro grupo. RESULTADOS: O tempo médio de acompanhamento foi de 9,9 meses. Os dois grupos demonstraram diferença estatística quanto ao número de infartos prévios. Foram realizadas 38 endarterectomias, 78,75% nos ramos coronarianos esquerdos e 21,05% nos ramos coronarianos direitos. No acompanhamento pós-operatório, não se encontrou diferença significativa entre as variáveis estudadas de morbi-mortalidade, embora uma maior utilização de balão intra-aórtico no grupo EAC tenha sido observada. CONCLUSÕES: Demonstrou-se que a EAC deve ser aplicada aos pacientes com doença coronariana difusa, visando uma revascularização miocárdica completa, com resultados comparáveis aos pacientes submetidos a operação convencional. O acompanhamento em longo prazo irá determinar o comportamento destas artérias e de seus enxertos.

Palavras-chave : Coronariopatia [cirurgia]; Revascularização miocárdica [métodos]; Endarterectomia.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons