SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 issue3Assessment of a new technique of hemoconcentration and the necessities of blood derivates for transfusion in patients submitted to heart surgery using cardiopulmonay bypassResults of the intraoperative radiofrequency ablation of chronic atrial fibrillation author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular

Print version ISSN 0102-7638

Abstract

ALBRECHT, Álvaro et al. Estudo randomizado de correção cirúrgica de fibrilação atrial permanente: resultados parciais. Rev Bras Cir Cardiovasc [online]. 2004, vol.19, n.3, pp. 295-300. ISSN 0102-7638.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-76382004000300007.

OBJETIVO: Analisar os resultados de dois modos de tratar a fibrilação atrial (FA): com cirurgia do Labirinto e com Isolamento de Veias Pulmonares (IVP), comparando com grupo controle, para estabelecer o melhor tratamento aos portadores desta arritmia. MÉTODO:Todos os pacientes tinham indicação cirúrgica por outra lesão cardíaca, concomitantemente tratada. Foram randomizados 51 pacientes no período de julho de 1999 a setembro de 2003. Em nenhum paciente foi utilizada crioablação. Analisamos inicialmente as seguintes variáveis: tempo de circulação extracorpórea (CEC), pinçamento aórtico (ISQ), taxa de reversão a ritmo sinusal na alta hospitalar, e complicações do trans e pós-operatório imediato. RESULTADOS: Houve dois óbitos intra-hospitalares, um no grupo Labirinto e um no grupo IVP. O grupo Labirinto apresentou o maior tempo de CEC (p<0,001). Seguimento médio de 28,4±14,1 meses, sem diferença entre os grupos. O grupo IVP teve a maior taxa de sucesso com 84,2% de reversão a ritmo sinusal na alta e 88,9% após seguimento. No grupo Labirinto, 78,5% de ritmo sinusal à alta, e após seguimento, 84,6%. No grupo controle, 87,5% dos pacientes tiveram alta em FA, e após seguimento 56,3% seguem assim. A classe funcional pela NYHA não foi diferente entre os grupos após o seguimento (p=0,56), e os pacientes do grupo controle apresentaram mais complicações (p=0,017). CONCLUSÃO: Estes resultados mostram que qualquer das técnicas empregadas para correção de FA, Labirinto ou IVP, apresenta vantagens sobre a operação tradicional de simples correção de cardiopatias quando associadas à FA.

Keywords : Fibrilação atrial; Valva mitral [cirurgia]; Arritmias [cirurgia]; Procedimentos cirúrgicos cardíacos.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese