SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue4The renewed concept of the Batista operation for ischemic cardiomyopathy: maximum ventricular reductionLate outcomes of mitral repair in rheumatic patients author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular

Print version ISSN 0102-7638

Abstract

SA, Michel Pompeu Barros de Oliveira et al. Preditores de transfusão de concentrado de hemácias em cirurgia de revascularização miocárdica. Rev Bras Cir Cardiovasc [online]. 2011, vol.26, n.4, pp. 552-558. ISSN 0102-7638.  http://dx.doi.org/10.5935/1678-9741.20110044.

OBJETIVOS: Encontrar preditores de hemotransfusão pode facilitar a abordagem mais eficiente para utilização de serviços de banco de sangue em CRM. O objetivo deste estudo é identificar as características dos pacientes pré- e intraoperatórios que predizem necessidade de hemotransfusão durante ou após a revascularização miocárdica. MÉTODOS: 435 pacientes submetidos à CRM isolada pela primeira vez, foram revisados para suas variáveis pré e intra-operatórias e analisados os dados pós-operatórios. Foram 255 homens e 180 mulheres, com idade média 62,01 ± 10,13 anos. Análise de regressão logística foi utilizada para identificar os preditores perioperatórios de hemotransfusão. RESULTADOS: A hemotransfusão foi executada em 263 pacientes (60,5%). O número médio de unidades de hemoderivados por paciente foi de 2,27 ± 3,07 (0-23) unidades. O número total de unidades de hemoderivados foi de 983. A análise univariada identificou idade> 65 anos, peso <70 kg, IMC <25 kg/m2, hemoglobina < 13 mg/dl, hematócrito < 40% e fração de ejeção <50%, uso de circulação extracorpórea (CEC), não usar a artéria torácica interna como bypass, e múltiplos bypasses como preditores significativos. Os preditores mais fortes por meio de análise multivariada foram hematócrito < 40% (OR 2,58; IC 1,62-4,15; P<0,001), o uso da CEC (OR 2,00; IC 1,27-3,17; P=0,003) e múltiplos bypasses (OR 2,31; IC 1,31-4,08; P=0,036). CONCLUSÕES: A identificação desses fatores de risco leva a uma melhor identificação de pacientes com uma probabilidade maior de usar sangue, melhor alocação dos recursos do banco de sangue e o uso custo-efetivo dos hemoderivados.

Keywords : Transfusão de Sangue; Ponte de Artéria Coronária; Células Sanguíneas.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English