SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue1Surgical repair of coarctation of aorta in adults under left heart bypassComparative experimental study of myocardial protection with crystalloid solutions for heart transplantation author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular

Print version ISSN 0102-7638

Abstract

CANCIO, Andreia S. A. et al. Dreno pleural subxifoide confere menor comprometimento da força muscular respiratória, oxigenação e menor dor torácica após cirurgia de revascularização do miocárdio sem circulação extracorpórea: estudo controlado randomizado. Rev Bras Cir Cardiovasc [online]. 2012, vol.27, n.1, pp. 103-109. ISSN 0102-7638.  http://dx.doi.org/10.5935/1678-9741.20120015.

OBJETIVO: Avaliar a força muscular respiratória, oxigenação e dor torácica em pacientes submetidos à cirurgia de revascularização miocárdica (RM) sem circulação extracorpórea (CEC) comparando o local de inserção do dreno pleural na região subxifoidea versus lateral. MÉTODOS: Quarenta pacientes foram randomizados em dois grupos Grupo (II - n = 19) - dreno pleural exteriorizado na região intercostal; Grupo (SI - n = 21) dreno pleural exteriorizado na região subxifoidea. Os pacientes foram submetidos à avaliação da força muscular respiratória no pré, 1º, 3ºe 5º dias de pós-operatório (PO). Gasometria arterial foi coletada no pré e 1º dia do PO. A dor torácica foi avaliada no 1º, 3º e 5º dias de PO. RESULTADOS: Ambos os grupos apresentaram diminuição significante da força muscular respiratória até o quinto dia do PO (P <0,05). A diferença entre os grupos manteve-se significante com maior decréscimo no grupo II (P <0,05). Houve queda na pressão arterial de oxigênio em ambos os grupos (P <0,05), mas quando comparado à queda foi maior no grupo II (P <0,05). A dor torácica no 1º, 2º e 5º dia do PO foi maior grupo II (P <0,05). O tempo de intubação orotraqueal e permanência hospitalar no PO foram maiores no grupo II (P<0,05). CONCLUSÃO: Pacientes submetidos a drenagem pleural subxifoidea apresentaram menor queda na força muscular respiratória, melhor preservação da oxigenação arterial e menos dor comparado aos pacientes com inserção do dreno na região intercostal no PO precoce de cirurgia de RM sem CEC.

Keywords : revascularização miocárdica; ponte de artéria coronária sem circulação extracorpórea; troca gasosa pulmonar; testes de função respiratória; mecânica respiratória.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English