SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número2Convecção úmida na Amazônia: implicações para modelagem numéricModelagem numérica da composição química da atmosfera e seus impactos no tempo, clima e qualidade do ar índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Meteorologia

versão impressa ISSN 0102-7786versão On-line ISSN 1982-4351

Resumo

COSTA, Marcos Heil; NUNES, Edson Luís; SENNA, Mônica Carneiro Alves  e  IMBUZEIRO, Hewlley Maria Acioli. Estado-da-arte da simulação da taxa de fixação de carbono de ecossistemas tropicais. Rev. bras. meteorol. [online]. 2009, vol.24, n.2, pp.179-187. ISSN 1982-4351.  https://doi.org/10.1590/S0102-77862009000200007.

Este trabalho avalia o estado-da-arte de modelos de simulação da taxa de fixação de carbono, ou produção primária liquida (NPP), de ecossistemas tropicais em duas configurações diagnósticas (simulação em sítios micrometeorológicos e simulação forçada por dados climáticos e por produtos de sensoriamento remoto) e uma prognóstica (simulação por um modelo acoplado clima-vegetação). Os resultados indicam que os modelos de estimativa de NPP atingiram capacidade de fazer estimativas não-viesadas de valores médios regionais de NPP, tanto no modo diagnóstico, quanto no modo prognóstico, com erros inferiores a 5%, enquanto o valor esperado do erro em cada sítio é inferior a 10% no modo diagnóstico e inferior a 20% no modo prognóstico. Os modelos estado-da-arte são capazes de monitorar a taxa de fixação de carbono por ecossistemas tropicais de maneira rotineira, sendo esperados baixos erros para essas estimativas.

Palavras-chave : Produção Primária Líquida; Modelagem; Florestas Tropicais.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons