SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número2Dano por Granizo na Cultura da Soja em Condições de Lavoura: Um Estudo de CasoAnálise Estatística e Geoestatística da Precipitação Média para o Município de Joinville (SC) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Meteorologia

versão impressa ISSN 0102-7786versão On-line ISSN 1982-4351

Resumo

FAN, Fernando Mainardi; PONTES, Paulo Rógenes Monteiro; COLLISCHONN, Walter  e  BUARQUE, Diogo Costa. Sobre o Uso da Persistência de Previsões Determinísticas de Vazão para a Tomada de Decisão. Rev. bras. meteorol. [online]. 2016, vol.31, n.2, pp.218-228. ISSN 1982-4351.  http://dx.doi.org/10.1590/0102-778631220150039.

Previsões de vazão de médio prazo, que são geradas utilizando um modelo chuva-vazão forçado por previsões numéricas de precipitação, são muito úteis para a antecipação de eventos hidrológicos. Tradicionalmente estas previsões eram geradas de forma determinística, porém na última década o movimento por geração de previsões de vazão por conjunto vem ganhando força. No meio termo entre estas duas técnicas (determinísticas e por conjunto) o uso da informação de persistência de previsões determinísticas de vazão para a tomada de decisões, usando ela como uma medida do grau de incerteza dos resultados aparenta ser uma estratégia interessante. Esta pesquisa investiga justamente estes possíveis benefícios do uso da persistência, das previsões como informação de incerteza. Os resultados sugerem que o uso da previsão com base na persistência apresenta vantagens sobre a previsão simples determinística nos horizontes de previsão mais distantes.

Palavras-chave : previsão hidrológica; persistência; previsão por conjunto.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )