SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue1Anxiety, sex, socioeconomic status, and birth orderA semiotic-phenomenological analysis of the self-reflexive messages of adult children of alcoholics author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

BENDASSOLLI, Pedro Fernando. Doação de órgãos: meu corpo, minha sociedade. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 1998, vol.11, n.1, pp. 71-92. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79721998000100005.

A doação de órgãos é um problema de relevância social e científica, pois envolve as formas como a vida é perpetuada através do corpo de outra pessoa, especificamente por meio de seus órgãos. Quais são os fatores de resistência e de facilitação à doação de órgãos? Este artigo propõe um fator de resistência e um de facilitação. O primeiro, o narcisismo pelo próprio corpo; o segundo, o desejo de perpetuar-se a si mesmo e a vida.

Keywords : Doação de órgãos; corpo; simbolização do corpo; medicina; narcisismo.

        · abstract in English     · text in Portuguese