SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue3Intergernerational links: the old, the young and powerComparative study between the process of writing acquisition in children and adults author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

CHIAPIN, Giuliana; ARAUJO, Greicy Boness de  and  WAGNER, Adriana. Sogra-nora: como é a relação entre estas duas mulheres?. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 1998, vol.11, n.3, pp. 541-550. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79721998000300012.

Devido à importância do relacionamento e ao estereótipo social sobre a "sogra", este estudo descreve a relação sogra-nora, nos seus aspectos favorecedores e dificultadores, segundo a ótica das noras. A amostra foi composta de 10 noras, com idade entre 27 e 44 anos, casadas no mínimo há 4 anos, com sogras vivas. Utilizou-se uma entrevista semi-estruturada com três eixos temáticos: relação sogra-nora, aspectos favorecedores e aspectos dificultadores do relacionamento. Analisou-se o conteúdo das respostas, elaborando-se categorias por temas afins. Fez-se uma análise quantitativa/descritiva com freqüências e porcentagens das respostas. Verificou-se que com maior freqüência de respostas as noras referem ter um relacionamento "negativo/ruim/distante" com suas sogras. Também existiram mais aspectos dificultadores do que favorecedores. As noras atribuíram às sogras a culpa pelo relacionamento não satisfatório. Quanto aos aspectos dificultadores, destacaram-se o ciúme e as implicâncias por parte da sogra. Nos aspectos favorecedores, destacaram-se o amadurecimento e a experiência de ambas. Os resultados confirmam o estereótipo social atribuído às sogras por suas noras.

Keywords : sogra; nora; relacionamento.

        · abstract in English     · text in Portuguese