SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 issue2Theory of Mind: different approachesThe relationship between educational styles and elementary school performance in Portugal author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

ROAZZI, Antonio  and  SANTANA, Suely de Melo. Teoria da Mente: efeito da idade, do sexo e do uso de atores animados e inanimados na inferência de estados mentais. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 1999, vol.12, n.2, pp. 307-330. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79721999000200005.

O estudo foi realizado com 72 crianças de NSE médio, entre quatro e cinco anos de idade, visando a investigar a idade de aquisição da habilidade das crianças para distinguirem seus próprios estados mentais e os estados mentais de outros e se a manifestação da habilidade, na tarefa de falsa crença, depende do ator envolvido - inanimado (boneca) versus animado (outras crianças). Os resultados indicaram não haver diferenças entre atores animados e inanimados e que é a partir de cinco anos de idade que as crianças começam a ter uma compreensão acerca dos estados mentais de outras pessoas, no tocante a falsa crença. Este último dado diverge dos obtidos em estudos anteriores, que encontraram esta capacidade já desenvolvida aos quatro anos de idade. Contrariamente à hipótese inatista e de acordo com os dados obtidos no Brasil (no que se refere às crianças de orfanato) nossos resultados revelam que a universalidade quanto à época em que se encontra desenvolvida esta capacidade é passível de ser questionada.

Keywords : Teoria da mente; meta-representação; contexto; diferenças sócio-culturais; habilidades cognitivas.

        · abstract in English     · text in Portuguese