SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 issue3Reflections about the letter: psychosis in questionThe constitution of the psychic world in Winnicott’s conception: a contribution to the clinical treatment of psychosis author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

COUTO, Luis Flávio. Feyerabend e a máxima do "Tudo Vale": A necessidade de se adotar múltiplas possibilidades de metodologia na construção de teorias científicas. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 1999, vol.12, n.3, pp. 00-00. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79721999000300004.

O objetivo deste ensaio é apresentar uma visão geral da crítica de Paul Feyerabend da metodologia científica e, mais precisamente, sobre a exigência da adoção de uma postura flexível frente à construção e à afirmação de veracidade de hipóteses científicas. A máxima que deve regê-las deve ser "tudo vale". O ensaio aponta as razões históricas que justificam, em certa medida e tomando-se cuidado frente a tal voluntarismo teórico, a adoção dessa abertura a novos pressupostos em ciência. No ensaio, defende-se o pressuposto de que não existem condições que limitem indefinidamente a pesquisa. Afirma-se também que não há uma única teoria capaz de apreender o objeto em seu todo, da mesma forma como o próprio processo de investigação é inesgotável.

Keywords : Nova filosofia da ciência; método; crítica das concepções formalistas da pesquisa científica.

        · abstract in English     · text in Portuguese