SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 issue3Temporality of trauma: genesis plus structure in Freudian thinkingThe academic institution and the legitimation of the scientific vocation of psychoanalysis author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

BEIVIDAS, Waldir. O excesso de transferência na pesquisa em psicanálise. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 1999, vol.12, n.3, pp. 00-00. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79721999000300008.

Toda reflexão sobre a pesquisa em psicanálise se concentra em geral: (a) na mútua implicação que se espera aí entre a dimensão teórica e a clínica; (b) num debate entre a pesquisa psicanalítica e a pesquisa «científica», onde a psicanálise é levada a confrontar-se com a ciência cartesiana, experimental, positivista ou neo-positivista, e assim adiante… O presente estudo quer abordar uma região menos explorada nesse debate; quer demonstrar que a psicanálise freudiana, sobretudo com Lacan e após Lacan, acabou sendo levada a uma «submissão pânica» ao a priori da enunciação do fundador (Freud) ou do re-fundador (Lacan). A pesquisa ficou embaraçada numa teia excessivamente «transferencial», sob o regime de um dixit Lacan sobreposto a um dixit Freud. O autor defende uma saída para isso: conceber a pesquisa psicanalítica como uma conceituação estruturante do inconsciente com Lacan e Freud, e não sob Lacan e Freud.

Keywords : Psicanálise; transferência; estrutura.

        · abstract in English     · text in Portuguese