SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue3Counterargument in children’s writingChild-becoming and contemporary cognition author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

OLIVEIRA, Ebenézer A. de; FRIZZO, Giana B.  and  MARIN, Angela H.. Atitudes maternas diferenciais para com meninos e meninas de quatro e cinco anos. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2000, vol.13, n.3, pp. 363-371. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722000000300005.

Foram examinados os efeitos do sexo e da idade da criança pré-escolar sobre três atitudes maternas consideradas psicopatogênicas na literatura: irritabilidade, rejeição e intrusão. A amostra contou com 53 mães e suas crianças pré-escolares de 51 a 70 meses de idade, de níveis sócio-econômicos (NSE) médio e baixo. As mães preencheram uma versão em Português do Parent Attitude Research Instrument-PARI. Correlações de ordem zero e regressões múltiplas indicaram que as mães tendem a relatar menor irritabilidade e rejeição quanto maior for a idade da criança; contudo, o mesmo não ocorreu para a intrusão materna. Independentemente da idade da criança, as mães dos meninos relataram maior intrusão do que as mães das meninas. Esses resultados se mantiveram mesmo após a inclusão do NSE na equação de regressão. Análises bivariadas também mostraram uma tendência marginal para as mães dos meninos relatarem maior rejeição do que as mães das meninas. Os resultados são discutidos à luz da literatura vigente sobre a socialização da criança pré-escolar, ressaltando elementos cognitivos e interacionais.

Keywords : Irritabilidade; rejeição; intrusão; socialização.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese