SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue3Development of a questionnaire of career decision-making difficultiesDifferential items functioning (DIF): study with analogies for measurement the verbal reasoning author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

COSTA, Fabiana T. da; TEIXEIRA, Marco A. P.  and  GOMES, William B.. Responsividade e exigência: duas escalas para avaliar estilos parentais. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2000, vol.13, n.3, pp. 465-473. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722000000300014.

O objetivo deste estudo foi traduzir e adaptar duas escalas que avaliam as dimensões de responsividade e exigência parentais com adolescentes, as quais permitem a classificação de quatro estilos parentais. As escalas foram aplicadas a 378 adolescentes, tendo apresentado índices de consistência interna adequados (alpha entre 0,70 e 0,83). Análises de variância revelaram que a exigência materna percebida foi maior do que a paterna entre adolescentes de ambos os sexos, mas as garotas perceberam níveis de exigência (materna e paterna) mais altos do que os garotos. A responsividade materna observada foi superior à paterna para ambos os sexos, porém as mulheres atribuíram escores de responsividade mais altos às suas mães do que os homens. Não houve diferenças entre os sexos quanto ao nível de responsividade paterna. A proporção de estilos parentais observada nesta amostra foi 13,3% (autoritário), 36,7% (autoritativo), 14,5% (indulgente) e 35,5% (negligente), sugerindo que nossa cultura não é tão permissiva quanto se supõe usualmente.

Keywords : Estilos parentais; adolescência; família.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese