SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue1The entrance and adjustment of infants and toddlers to daycare center: some critical aspectsSkinner’s moral theory and human development author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

DELL'AGLIO, Débora Dalbosco  and  HUTZ, Claudio Simon. Padrões evolutivos na utilização dos princípios de justiça distributiva em crianças e adolescentes no sul do Brasil. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2001, vol.14, n.1, pp. 97-106. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722001000100008.

O presente artigo descreve uma investigação sobre o uso de princípios de justiça distributiva utilizados por crianças e adolescentes em situações hipotéticas de distribuição de recompensa. Foram entrevistadas 680 crianças e adolescentes de ambos os sexos, sendo 240 da faixa etária de cinco a seis anos, 220 de nove a dez anos e 220 de 13 a 14 anos, metade de cada sexo. O instrumento utilizado foram mini-histórias, acompanhadas de desenhos que apresentavam diferentes condições de desempenho dos personagens em diversas situações. Os resultados apontaram três estágios evolutivos, caracterizados pelo uso de regras de autoridade, igualdade e equidade. Como esperado, crianças de cinco a seis anos utilizaram predominantemente regras de autoridade e igualdade, as de nove a dez anos, regras de igualdade e, os adolescentes, regras de eqüidade. Características do uso das regras permitiram também a identificação de sub-estágios em cada estágio. A seqüência evolutiva de níveis no desenvolvimento dos princípios de justiça distributiva encontradas apoiam o modelo piagetiano.

Keywords : Justiça distributiva; eqüidade; igualdade.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese