SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue1Support group with psychiatric outpatients in institutional context: the group's handling analysisMy-world and the rest-of-the-world author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

RASERA, Emerson F.  and  JAPUR, Marisa. Contribuições do pensamento construcionista para o estudo da prática grupal. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2001, vol.14, n.1, pp. 201-209. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722001000100017.

O construcionismo, como forma de elaboração da crise paradigmática que têm vivido as ciências humanas, redimensiona várias concepções sobre a produção do conhecimento e os processos psicoterápicos. Neste artigo, buscaremos apontar como a ênfase nos processos relacionais e a centralidade da linguagem promovidas pelo construcionismo transformam o estudo da prática grupal. Através de um exemplo empírico, apontaremos algumas implicações metodológicas da aplicação dos pressupostos construcionistas ao estudo da prática grupal, tais como a explicitação do caráter construído do grupo e seu processo de negociação, a perspectiva discursiva de construção da pessoa e a conseqüente redefinição da homogeneidade grupal, e as delimitações sociais destes processos grupais. Finalizamos o artigo indicando outros desdobramentos teórico-metodológicos necessários ao desenvolvimento destas contribuições aos estudos dos grupos.

Keywords : Construcionismo; psicoterapia de grupo; metodologia qualitativa.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese