SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue1Feminine constructions after the sixties: the issue of optional single motherhoodCommunity psychology in the Americas: individualism, communitarism and the exclusion of the political author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

BORGES, Livia Oliveira et al. A síndrome de burnout e os valores organizacionais: um estudo comparativo em hospitais universitários. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2002, vol.15, n.1, pp. 189-200. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722002000100020.

O presente estudo analisa o relacionamento entre os valores organizacionais e os níveis da síndrome de burnout, em três hospitais universitários do Rio Grande do Norte. Foi desenvolvido com uma amostra de 205 profissionais de saúde, através da aplicação de questionários estruturados. Os dados foram submetidos a análises quantitativas (por exemplo, análises das distribuições de freqüência, de variância e de regressão). Os resultados apontam convergência dos escores nos fatores dos valores ideais por organização participante e divergências no que se refere tanto aos escores dos fatores dos valores reais quanto às descompensações axiológicas (diferenças entre ideal e real). Os participantes diferem quanto ao avanço do processo de desenvolvimento da síndrome de burnout por organizações. Constatou-se o papel de mediação das organizações no relacionamento entre valores organizacionais e a síndrome de burnout, de modo que os pólos axiológicos efetivamente relacionados à referida síndrome e/ou aos seus fatores dependem da configuração geral da cultura organizacional de cada uma e dos conflitos que lhe são inerentes.

Keywords : Valores organizacionais; síndrome de burnout; análise de regressão; estresse; cultura organizacional.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese