SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue3Science, religion, and psychology: knowledge and behaviorContinuity/discontinuity of involvement with crime: a critical discussion of developmental psychology literature author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

RAMOZZI-CHIAROTTINO, Zelia. Bärbel Inhelder procura falsear o modelo piagetiano; antes da teoria de Popper (?). Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2002, vol.15, n.3, pp. 569-572. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722002000300011.

Neste artigo, buscamos trazer à luz um dos aspectos desconhecidos do trabalho de uma das maiores psicólogas do século XX: Bärbel Inhelder. Até hoje apenas reconhecida como a maior colaboradora de Piaget, tem sido ignorada como a criadora de um método científico capaz de refutar (em vez de confirmar) um modelo hipotético-dedutivo na área da Psicologia, antes ou simultaneamente à idéia de Popper. Partiu do modelo matemático de Piaget, o agrupamento, e realizou seu estudo com oligofrênicos. Demonstra que quanto mais severo o comprometimento cerebral menor a presença de esboços dos agrupamentos subjacentes às ações e ao discurso das crianças e vice-versa.

Keywords : Falseabilidade; modelo piagetiano; funcionamento cerebral.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese