SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue1The evaluation of preschoolers' interaction in the playground: an environmental psychology approach author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

SCOTTI, Sérgio. Culpa e gozo, psicanálise e literatura. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2003, vol.16, n.1, pp. 217-221. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722003000100022.

Neste artigo faz-se uma releitura do conhecido trabalho de Freud, Dostoyevski e o parricídio (1927), a partir da articulação que Lacan realiza sobre a culpa em seu Seminário V, As formações do inconsciente. A suposta epilepsia de que Dostoyevski seria acometido, é questionada por Freud que entende os "ataques" do escritor russo como resultado de uma identificação histérica com o pai morto. Implicada nesta interpretação, está a questão da culpa pelo assassinato do pai. Contudo, pode-se reler a interpretação freudiana a partir da formulação lacaniana de que, uma demanda de morte endereçada ao Outro implica na morte do próprio sujeito. Ao final do artigo discute-se a culpa na histeria e na obsessão, propondo-se também que a questão do estilo perpassa tanto a criação literária quanto o diagnóstico clínico.

Keywords : Culpa; gozo; psicanálise; literatura.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese