SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue2Emotional intelligence: a validity study of emotional perception abilitySpatials analysis: concept, method and applicability author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

VASCONCELOS, Cleido Roberto Franchi e; AMORIM, Katia de Souza; ANJOS, Adriana Mara dos  and  FERREIRA, Maria Clotilde Rossetti. A incompletude como virtude: interação de bebês na creche. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2003, vol.16, n.2, pp. 293-301. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722003000200009.

Neste artigo, mostramos algumas características dos processos interativos de crianças fundamentalmente no 1º ano de vida, através do estudo de alguns episódios de interação, recortados através do registro em vídeo, durante pesquisa em uma creche universitária, com crianças (7 a 14 meses) brincando livremente. Num primeiro momento, mostramos a importância da definição de um conceito de interação que consiga captar e traduzir as características das interações ocorridas nessa faixa de idade. Também, mostramos a importância dos procedimentos metodológicos, usados para recortar o material empírico, na definição desse conceito de interação. Nessa faixa etária, os episódios de interação encontrados são bastante rápidos e desordenados e estas características são resultantes, em grande parte, do desajeitamento motor dos bebês. Esta incompletude motora, por sua vez, pode ser um elemento capaz de prolongar um episódio de interação entre crianças pequenas e/ou mesmo propiciar o surgimento de novos episódios de interação.

Keywords : Interação de bebês; desenvolvimento de bebês; incompletude motora; bebês em creche.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese