SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue3Father's involvement during the gestationParenting style: perceptions of children and their parents author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

RIBAS, Adriana F. Paes  and  SEIDL DE MOURA, Maria Lucia. Responsividade materna e teoria do apego: uma discussão crítica do papel de estudos transculturais. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2004, vol.17, n.3, pp. 315-322. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722004000300004.

A responsividade materna tem sido considerada como um elemento central para a compreensão do desenvolvimento infantil e este conceito tem sido articulado com a teoria do apego. Este artigo tem como objetivo discutir criticamente o papel de estudos transculturais sobre responsividade materna, à luz da teoria do apego, a partir da revisão da literatura recente sobre o tema. Considerando a teoria do apego um referencial valioso para investigações sobre interações mãe-bebê e responsividade materna, as conclusões apontam, basicamente, para três questões: 1) a teoria do apego precisa ser investigada em diferentes contextos socioculturais e receber validação transcultural; 2) pesquisas sobre responsividade materna devem considerar a discussão sobre a teoria do apego e diferenças culturais; 3) a inclusão do estudo da responsividade materna em referenciais teóricos que levem em conta variáveis socioculturais é necessária.

Keywords : Responsividade materna; sensitividade materna; sensitividade; apego; interação mãe-bebê.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese