SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue2Wandering and deliruim in highway wanderersNew paradigms on the school psychologist's practice author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

SEIDL, Eliane Maria Fleury; ZANNON, Célia Maria Lana da Costa  and  TROCCOLI, Bartholomeu Torres. Pessoas vivendo com HIV/AIDS: enfrentamento, suporte social e qualidade de vida. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2005, vol.18, n.2, pp. 188-195. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722005000200006.

A pesquisa testou modelo sobre as relações entre qualidade de vida (QV), condição clínica, escolaridade, situação conjugal, enfrentamento e suporte social, em pessoas portadoras do HIV/AIDS. Participaram 241 pessoas (161 homens), de 20 a 64 anos, 169 sintomáticas e 72 assintomáticas, 208 delas em uso de terapia anti-retroviral. A variável critério QV foi investigada nas dimensões psicossocial, física, do ambiente e qualidade de vida geral, mediante análises de regressão múltipla hierárquica. Suporte social emocional, enfrentamento focalizado na emoção, enfrentamento focalizado no problema e viver com parceiro(a) foram preditores significativos da dimensão psicossocial da QV, alcançando a maior variância explicada (59% ajustado). Suporte social emocional e enfrentamento focalizado na emoção foram preditores significativos nas análises relativas às demais dimensões da QV. Discutem-se implicações para as práticas de saúde referentes às ações profissionais propiciadoras do bem-estar psicológico e da qualidade de vida em pessoas vivendo com HIV/AIDS.

Keywords : HIV/AIDS; qualidade de vida; enfrentamento; suporte social; WHOQol-100.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese