SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue2Updating the debate between Piaget and Chomsky in a neurobiological perspectiveFamily communication strategies: an adolescent perspective author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

PARENTE, Maria Alice de Mattos Pimenta; HOLDERBAUM, Candice Stefen; VIRBEL, Jacques  and  NESPOULOUS, Jean-Luc. A relação pergunta-resposta como preditor do reconto de histórias. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2005, vol.18, n.2, pp. 267-276. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722005000200015.

Esse estudo teve como objetivo verificar duas hipóteses da teoria de questionabilidade textual de Virbel: 1) o reconto é semelhante à organização de pergunta-resposta do autor; e, 2) a semelhança entre o reconto e força de questionabilidade da frase varia em função do grau de consistência do texto. Um primeiro comparou o reconto de 53 participantes com a força de questionabilidade das frases elementares do texto. Os resultados mostraram correlações significativas entre as duas variáveis de estudo. Um segundo experimento analisou o reconto de 141 participantes de 2 versões da história, que variaram quanto ao grau de consistência. Foram encontradas correlações significativas apenas na versão com maior grau de consistência. Os resultados dos 2 experimentos vão ao encontro da teoria de questionabilidade que propõe que para compreender e reconstruir uma história o ouvinte/leitor segue uma rede hierárquica que organiza as unidades significativas tendo por base a força de questionabilidade.

Keywords : Compreensão textual; elaboração de perguntas; psicolingüística; coerência.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese