SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue3Radical behaviorism and interdisciplinary research: would a new synthesis be possible in psychology? author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

MANSUR, Letícia Lessa; CARTHERY, Maria Teresa; CARAMELLI, Paulo  and  NITRINI, Ricardo. Linguagem e cognição na doença de Alzheimer. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2005, vol.18, n.3, pp. 300-307. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722005000300002.

O quadro clínico da doença de Alzheimer define-se por alterações cognitivas. Entre elas, a linguagem tem sido objeto freqüente de estudos, e embora exista consenso sobre a prevalência de alterações no âmbito semântico e a evolução dos sintomas lingüísticos, ainda não foi possível esclarecer a natureza de determinadas alterações. Estudos recentes têm acrescentado dados ao conhecimento clássico sobre as perdas específicas da linguagem e de outros aspectos cognitivos que com ela interagem, como é o caso das alterações no âmbito da memória operacional. Nosso objetivo é revisar a literatura recente sobre a linguagem na doença de Alzheimer e, particularmente, estudos com população brasileira, destacando sua contribuição ao conhecimento sobre a doença.

Keywords : Comunicação; linguagem; cognição; memória; Doença de Alzheimer.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese