SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 issue1Arithmetic problem-solving: effect of equivalence relations between three different forms of presenting problemsModularity of action programs in normal and Down syndrome individuals author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

CARDOSO-MARTINS, Cláudia; MICHALICK, Mirelle França  and  POLLO, Tatiana Cury. O papel do conhecimento do nome das letras no início da aprendizagem da leitura: evidência de indivíduos com síndrome de Down. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2006, vol.19, n.1, pp. 53-59. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722006000100008.

O presente estudo investiga as estratégias que indivíduos com síndrome de Down utilizam para aprender a ler palavras no início da aprendizagem da leitura. Indivíduos com síndrome de Down que conheciam ou não o nome das letras aprenderam a ler dois tipos de grafias simplificadas: grafias fonéticas, em que as letras correspondiam a sons na pronúncia das palavras (Ex.: BTRA para beterraba) e grafias visuais, em que as letras não representavam sons na pronúncia das palavras, mas eram visualmente mais salientes (Ex.: UQLG para detetive). Os resultados questionam a hipótese de que indivíduos com síndrome de Down aprendem a ler visualmente. Os indivíduos que não conheciam o nome das letras acharam ambos os tipos de grafia muito difíceis. Por outro lado, os indivíduos que conheciam o nome das letras acharam as grafias fonéticas significativamente mais fáceis do que as grafias visuais.

Keywords : Síndrome de Down; estratégia de leitura; conhecimento das letras.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese