SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue2Distributive justice in children from 5 to 10 years of ageTemporal variation in memory tests performance in cerebral vascular disease patients author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

BERTONI, Paulo Gilberto  and  PINTO, Débora Cristina Morato. Mudança e continuidade: a formulação jamesiana do pensamento como um fluxo. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2007, vol.20, n.2, pp. 205-211. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722007000200005.

Este artigo discute o projeto de psicologia apresentado por William James no final do século XIX. A exposição tem como pano de fundo o debate que James estabelece com outras teorias psicológicas, particularmente o associacionismo, e destaca suas divergências em relação a elas. As diferenças entre a psicologia jamesiana e o associacionismo são apresentadas através da oposição da noção de pensamento, entendido como um fluxo, e a concepção associacionista do estado mental como composição de elementos independentes. O produto da análise é a crítica ao associacionismo com base na tese da unidade intrínseca de cada pensamento e a indicação das conseqüências teóricas e metodológicas dessa nova formulação.

Keywords : William James; pensamento; fluxo; associacionismo.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese