SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue1Parental and aloparental care received by children in public and private schools in Vitória, ESThe relationship between phonological processing and reading ability: evidence from Down syndrome and Williams syndrome author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

DEL PINO, Viviane  and  WERLANG, Blanca Susana Guevara. Flexibilidade mental na resolução de problemas em indivíduos que cumprem pena por homicídio qualificado. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2008, vol.21, n.1, pp. 142-150. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722008000100018.

Este estudo teve como objetivo avaliar a flexibilidade mental na resolução de problemas em indivíduos que cumprem pena por homicídio qualificado em penitenciária de média segurança na região metropolitana de Porto Alegre. O estudo foi quantitativo de tipo transversal. A amostra (n=60) foi localizada por conveniência, contou com 30 indivíduos homicidas pareados quanto a sexo, idade, escolaridade e classe social com 30 sujeitos sem antecedentes criminais. Os instrumentos utilizados foram: Teste Wisconsin de Classificação de Cartas - WCST, Teste Stroop de Cores e Palavras, os subtestes Cubos, Códigos e Vocabulário do WAIS-III, a Mini-International Psychiatric Interview e uma ficha de dados sócio-demográficos. Nas categorias do WCST e no Teste Stroop o grupo de homicidas apresentou escores inferiores ao grupo controle com diferença estatisticamente significativa (p<0,05). Concluiu-se que os indivíduos que cumprem pena por homicídio qualificado apresentam uma menor flexibilidade na resolução de problemas quando comparados a sujeitos sem antecedentes criminais.

Keywords : Homicídio qualificado; flexibilidade na resolução de problemas; Teste Wisconsin de Classificação de Cartas; Teste Stroop.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese