SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue2The influence of documentary videos on the scientific diffusion of knowledge about AidsChildren and the world of words: remarks on lexical development research author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

SALUM, Cristiane; PEREIRA, Ana Carolina de Castro Issy  and  GUIMARAES, Elaine Aparecida Del Bel Belluz. Dopamina, óxido nítrico e suas interações em modelos para o estudo da esquizofrenia. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2008, vol.21, n.2, pp. 186-194. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722008000200004.

Modelos experimentais baseados no aumento da neurotransmissão dopaminérgica mimetizam aspectos comportamentais e neuroquímicos característicos da esquizofrenia. Psicoestimulantes, como a anfetamina, são utilizados com esta finalidade, pois aumentam os níveis de dopamina extracelular nas vias mesocorticolímbica e mesoestriatal. As limitações da manipulação direta do sistema dopaminérgico nos modelos animais incentivam abordagens complementares. O óxido nítrico (NO), um neurotransmissor atípico que inibe a recaptação de dopamina e estimula sua liberação, parece modular comportamentos controlados pelo sistema dopaminérgico. O teste de inibição pré-pulso revela uma deficiência no filtro sensório-motor, verificada em esquizofrênicos ou após tratamentos com psicotomiméticos, podendo ser prevenida pela inibição do NO. Esta revisão apresenta evidências da interação do NO com o sistema dopaminérgico em modelos para o estudo da esquizofrenia como uma nova ferramenta de investigação desta patologia.

Keywords : Esquizofrenia; dopamina; óxido nítrico; inibição pré-pulso; filtro sensório-motor.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese