SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue3Social representations of the depression in young university students with and without symptoms to develop the depressionDescription of the surface behaviour of marine tucuxi, Sotalia guianensis, at Pipa Beach - RN author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

NASCIMENTO, Alexsandro Medeiros do  and  ROAZZI, Antonio. Polifasia cognitiva e a estrutura icônica da representação social da morte. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2008, vol.21, n.3, pp. 499-508. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722008000300019.

O estudo investigou o eixo imagético da representação da morte e suas lógicas constitutivas em equipes multiprofissionais de saúde. Um questionário com questões abertas e fechadas sobre a morte e o morrer cobrindo aspectos simbólico-discursivos e icônicos foi distribuído a 80 profissionais (médicos, psicólogos e enfermeiros), sendo 54 de sexo feminino e 26 de sexo masculino. Os dados foram analisados por técnicas de análise de conteúdo e submetidos depois à Análise de Estrutura de Similaridade e do método de "variáveis externas enquanto pontos", sendo os resultados comparados com uma Simbólica da Morte levantada em estudos anteriores por Nascimento (2001b) e Nascimento e Roazzi (2007). Encontrou-se indícios consistentes de dificuldades na figuração da morte e de falha na produção de consenso, além de uma organização lógica dos elementos imagéticos que apontam para um estado de polifasia cognitiva na representação deste objeto.

Keywords : Morte; polifasia cognitiva; representações sociais; imagens mentais; teoria das facetas.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese