SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 issue1Use of online interviews in the underlying discourse unveiling method (UDUM)Rats performance in a DRL scheme under different food deprivation levels author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

ROCHA, Francisco Eduardo de Castro et al. Avaliação do programa nacional de fortalecimento da agricultura familiar: a intenção de pagamento do crédito. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2009, vol.22, n.1, pp. 44-52. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722009000100007.

Esta publicação faz parte de um estudo maior (Tese). Nela analisou-se a intenção de pagamento do crédito no contexto da avaliação do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) na Paraíba. A pesquisa foi executada com base na opinião dos beneficiários do Grupo A (Assentados) e B (Agricultores familiares) em duas etapas: (a) preliminar, para o levantamento de crenças e informações e (b) principal, para a medição dessas crenças. Para avaliar a intenção de pagamento, foi empregado o modelo Teórico da Ação Planejada de Ajzen (1991). Com base nesse modelo, a Atitude, a Crença normativa (componente da norma subjetiva) e a Norma Subjetiva foram, para o Grupo A, as variáveis preditoras que explicaram a Intenção de pagamento de crédito. Para o Grupo B, as dimensões Atitude, Crença comportamental (componente da atitude), Crença normativa (componente da norma subjetiva) e a crença de controle (componente da percepção de controle) influenciaram a Intenção do pagamento de crédito. A Percepção de controle não influenciou diretamente a Intenção comportamental, mas indiretamente essa variável é preditora do Comportamento-alvo.

Keywords : Psicologia social; avaliação de programa; pagamento de crédito; teoria da ação planejada; Pronaf.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese