SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número1Attention deficit hyperactivity disorder: A glance at the elementary schoolPostpartum depression: evidence from two clinical cases índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Psicologia: Reflexão e Crítica

versión impresa ISSN 0102-7972

Resumen

MACARINI, Samira Mafioletti; MARTINS, Gabriela Dal Forno; SACHETTI, Virgínia Azevedo Reis  y  VIEIRA, Mauro Luís. Etnoteorias parentais: um estudo com mães residentes no interior e na capital de Santa Catarina. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2010, vol.23, n.1, pp.37-45. ISSN 0102-7972.  https://doi.org/10.1590/S0102-79722010000100006.

O estudo teve como objetivo investigar etnoteorias parentais em mães residentes na capital e interior de Santa Catarina. Foram aplicadas escalas de crenças sobre práticas de cuidado, metas de socialização e alocentrismo familiar em 50 mães de cada contexto cultural. Os resultados na capital indicaram predomínio de elementos autônomo-relacionais em práticas e alocentrismo familiar, enquanto que em termos de metas, as mães valorizaram a autonomia da criança. No interior, no que se refere a metas de socialização e alocentrismo familiar, foram identificados aspectos relacionais. Contudo, em termos de crenças sobre práticas de criação, constatou-se maior valorização da autonomia. Concluiu-se que ambos os contextos caracterizam-se por um modelo de self autônomo-relacional, embora com diferentes ênfases de acordo com a dimensão investigada.

Palabras clave : Etnoteorias parentais; Crenças sobre práticas de cuidado; Metas de socialização; Alocentrismo familiar.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons