SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 issue2Therapeutic itinerary done by mothers of children with autistic disorderChildren's labour as a risky pathways to resilience: children's growth in contexts of poor resources author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

PEREIRA, Mariana et al. Desenvolvimento, psicopatologia e apego: estudo exploratório com crianças institucionalizadas e suas cuidadoras. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2010, vol.23, n.2, pp. 222-231. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722010000200004.

O presente estudo exploratório examinou o desenvolvimento mental e a qualidade do funcionamento sócio-emocional de 16 crianças entre os 3 e os 6 anos, institucionalizadas em Centros de Acolhimento Temporário, relacionando-os com a qualidade das narrativas sobre o apego das suas cuidadoras. Foram utilizadas a Escala de Desenvolvimento Mental de Griffiths, o Questionário de Comportamentos, as Narrativas sobre o Apego e o Attachment Q-Sort. Os resultados revelaram que o nível de desenvolvimento das crianças foi inferior aos valores normativos. Além disso, os valores apresentados ao nível da psicopatologia, em termos de sintomas de internalização e de externalização, aproximaram-se dos valores clínicos. Não obstante e, em contraste com o esperado, a maioria das crianças apresentou valores próximos da segurança (base segura), os quais não estão associados com a qualidade das narrativas sobre o apego das suas cuidadoras. Os resultados são discutidos com base no impacto da privação em meio institucional para o desenvolvimento na infância.

Keywords : Infância; Institucionalização; Apego; Desenvolvimento; Psicopatologia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese