SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 issue3Dialectic in developmental psychology: its importance and significance in researchImpacts of a parent intervention program: their children's academic achievement and classroom behavior author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

RIQUE, Júlio  and  CAMINO, Cleonice Pereira Santos. O perdão interpessoal em relação a variáveis psicossociais e demográficas. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2010, vol.23, n.3, pp. 525-532. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722010000300013.

O perdão foi estudado através do Enright Forgiveness Inventory - EFI (versão em português) - em relação à intensidade da mágoa, aos afetos, aos julgamentos e aos comportamentos da vítima referentes ao ofensor. Verificou-se também se a cultura, o sexo, a idade e a religião influenciam o perdão. Participaram 200 brasileiros e 394 estadunidenses. Os resultados foram similares nas duas culturas: as pessoas perdoaram espontaneamente, mas não completamente. O perdão mostrou-se negativamente correlacionado com a intensidade da mágoa; foi oferecido em maior grau à família e aos amigos do que a estranhos e a colegas de trabalho; e as pessoas perdoaram mais pelos julgamentos do que pelos afetos. Não ocorreram diferenças quanto à religião, sexo ou idade. Futuros estudos devem verificar se ao perdoar completamente os afetos positivos pelo ofensor permanecem inferiores ou se igualam aos escores dos julgamentos positivos.

Keywords : Perdão interpessoal; Intensidade da mágoa; Atitude moral.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese