SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 issue3Adaptive behaviour and future time perspective: some evidence from education and health settingsImproving reading comprehension by developing monitoring strategies author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

LAMELA, Diogo; FIGUEIREDO, Bárbara  and  BASTOS, Alice. Adaptação ao divórcio e relações coparentais: contributos da teoria da vinculação. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2010, vol.23, n.3, pp. 562-574. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722010000300017.

Neste artigo propõe-se uma contribuição da teoria da vinculação na compreensão dos processos de adaptação dos adultos ao seu divórcio e como a desvinculação ao ex-cônjuge interfere na coparentalidade pós-divórcio. Este artigo formula duas hipóteses teóricas. A primeira hipótese afirma que o divórcio, enquanto processo relacional, deve ser lido como um momento de perda que germina reacções psicológicas similares às experienciadas pelos viúvos, tal como descreve Bowlby no modelo de perda da figura de vinculação, estando dependente dos estilos de vinculação dos adultos. A segunda hipótese sustenta que a coparentalidade pós-divórcio é predita pelos estilos de vinculação e pela qualidade da reorganização da vinculação dos pais. Finalmente, uma integração teórica é apresentada, operacionalizada numa proposta de investigação futura neste domínio.

Keywords : Divórcio; Vinculação; Psicopatologia; Adaptação; Coparentalidade.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese