SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue2Operant measures of auditory threshold in prelingually deaf children with cochlear implantEvaluation of semantic priming effect and induction of meaning among abstract equivalent stimuli author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

FERREIRA, Fernanda de Oliveira et al. Velocidade de processamento, sintomas depressivos e memória de trabalho: comparação entre idosos e portadores de esclerose múltipla. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2011, vol.24, n.2, pp. 367-380. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722011000200019.

A esclerose múltipla (EM) e o envelhecimento normal comprometem a substância branca hemisférica, causando déficits neuropsicológicos na função executiva, memória de trabalho (MT) e velocidade de processamento de informação (VPI). Foram investigadas as hipóteses: (a) a VPI pode constituir um fator determinante dos déficits de MT em pacientes com EM e idosos, e (b) sintomas depressivos auto-relatados podem agravar os déficits cognitivos de pacientes com EM. Participaram do estudo 31 pacientes com EM sem depressão, 36 portadores de EM deprimidos, 108 controles demograficamente comparáveis e 100 idosos da comunidade. Os grupos tiveram seus desempenhos comparados em uma escala de auto-relato para depressão e em uma bateria de testes para MT. Os resultados mostraram que o desempenho em MT depende da VPI, dos sintomas depressivos, da idade e da escolaridade dos indivíduos, variáveis que interagem de formas complexas.

Keywords : Esclerose Múltipla; Envelhecimento; Memória de Trabalho; Velocidade de Processamento de Informação; Neuropsicologia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese