SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue3Human figure drawing: prevalence analysis of indicators for emotional assessmentBody image and personality traits of women seeking aesthetic plastic surgery author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

MENEZES, Ana Carolina Zeferino  and  NASCIMENTO, Elizabeth do. Estudo longitudinal das habilidades intelectuais de idosos avaliados com a WAIS-III. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2011, vol.24, n.3, pp. 419-428. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722011000300002.

Dados indicam que o envelhecimento, ainda que saudável, acarreta um declínio normal no desempenho intelectual. O presente estudo teve por objetivo investigar o desenvolvimento intelectual de idosos em diferentes domínios avaliados pela WAIS-III. A partir de um delineamento longitudinal, 47 participantes foram divididos em duas faixas etárias: idosos-jovens (até 74 anos) e idosos-idosos (acima de 75 anos) e seus desempenhos foram comparados após oito anos de intervalo. Resultados mostraram que idosos-jovens apresentaram ganhos nas habilidades avaliadas, embora em apenas dois índices estes tenham sido estatisticamente significativos. Com relação às capacidades de compreensão verbal e linguagem, os ganhos eram esperados. Já Memória, Organização Perceptual, Velocidade de Processamento, QI de Execução e Total não se comportaram como grande parte dos estudos reporta. Resultados para os idosos-idosos estão de acordo com a literatura: habilidades vulneráveis (organização perceptual, aprendizagem, memória, resolução de problemas e velocidade de processamento) tiveram decréscimos após os oito anos entre as avaliações. Embora nem todos os resultados tenham sido significativos, corroboram dados de pesquisas que definem a idade de declínios significativos após os 75 anos. Concluindo, os resultados indicaram que os idosos não apresentaram declínio nas habilidades intelectuais avaliadas até a idade de 74 anos, a partir de quando alguma perda foi encontrada. A velocidade de processamento foi a única habilidade que apresentou declínio significativo. Portanto, as variações nos desempenhos não caracterizam um padrão de declínio generalizado, ou seja, não ocorrem em todas as habilidades e variam conforme a idade.

Keywords : Envelhecimento; Inteligência; Estudo Longitudinal; WAIS-III.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese