SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue4Communicative interaction in a playful context of two children with Down Syndrome, autistic behavior and deprivation of stimuliThe influence of communication with family and peer group on well-being and risky behavior of Portuguese adolescents author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

SILVA, Thaís Bento Lima da; YASSUDA, Mônica Sanches; GUIMARAES, Vanessa Valente  and  FLORINDO, Alex Antônio. Fluência verbal e variáveis sociodemográficas no processo de envelhecimento: um estudo epidemiológico. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2011, vol.24, n.4, pp. 739-746. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722011000400014.

A fluência verbal é um marcador das funções executivas, envolvendo a capacidade de busca e recuperação de dados, habilidades de organização, autorregulação e memória operacional. Objetivou-se identificar a existência de diferenças em fluência verbal (número de animais, categorias, grupos e alternância de categorias) entre sexo, faixas etárias, faixas de escolaridade e renda. Trezentos e oitenta e três idosos (60 anos ou mais) participaram de estudo epidemiológico de corte transversal. Foram aplicadas questões sociodemográficas e o teste de fluência verbal categoria animais. As variáveis do teste de fluência verbal foram influenciadas por sexo, idade e escolaridade, com melhor desempenho a favor dos homens, dos participantes mais jovens e mais escolarizados. Os resultados confirmam que o desempenho em fluência verbal deve ser interpretado à luz das informações sociodemográficas.

Keywords : Fluência Verbal; Funções Executivas; Idosos; Envelhecimento.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese