SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue4Verbal fluency and sociodemographic variables in the aging process: an epidemiological studyBeyond politeness: the expression of gratitude in children and adolescents author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

TOME, Gina; CAMACHO, Inês; MATOS, Margarida Gaspar de  and  DINIZ, José Alves. A influência da comunicação com a família e grupo de pares no bem-estar e nos comportamentos de risco nos adolescentes Portugueses. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2011, vol.24, n.4, pp. 747-756. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722011000400015.

O objectivo do presente estudo foi analisar a influência e o impacto dos pais e do grupo de pares nos comportamentos de saúde e risco dos adolescentes portugueses. Para isso, estudou-se o tipo de comunicação que os adolescentes mantêm com os pais e com os pares. A amostra foi constituída pelos sujeitos participantes no estudo realizado em Portugal Continental, que integra o estudo Europeu HBSC-Health Beaviour in School-aged Children. O estudo incluiu um total de 4877 estudantes do 6º, 8º e 10º ano de escolaridade de escolas públicas portuguesas, com média de idades igual a 14 anos. Os resultados revelaram que uma boa comunicação com os pais tem um maior efeito protector sobre os comportamentos de risco do que uma boa comunicação com os amigos. Adolescentes com boa comunicação com os pais e amigos revelaram serem mais felizes e satisfeitos com a vida. Os resultados encontrados salientam a importância da comunicação e do relacionamento positivo com os pais e com os pares simultaneamente.

Keywords : Família; Grupo de Pares; Bem-Estar; Comunicação; Comportamentos de Risco; Adolescentes.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese