SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue4Contributions from Gallese's neurophysiology and Bruner's psychology to the understanding of social learningNew relations among functional interpretations of the learned helplessness and the behavioral model of depression author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

MIRANDA, Fernando Pereira et al. Percepção de dor aguda em pacientes com transtorno de pânico. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2011, vol.24, n.4, pp. 781-787. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722011000400019.

O presente trabalho investigou experimentalmente os limiares nociceptivos e a percepção subjetiva de dor no transtorno de pânico (TP). Trinta e sete pacientes com TP foram voluntariamente submetidos a um Teste Pressor ao Frio (TPF), em que uma de suas mãos era mergulhada em um banho termostatizado de água fria (7ºC) por um período máximo de três minutos. A latência de retirada da mão da água foi utilizada como um índice de dor aguda, enquanto a experiência subjetiva de dor foi avaliada por meio do Questionário McGill de Dor e de uma escala visual analógica. Os resultados indicaram latências similares de retirada da mão em comparação a 37 sujeitos-controle sadios, mas uma experiência subjetiva de dor significantemente maior nos pacientes com TP. Esse padrão de resultados não apenas confirma a utilidade do teste de pressor ao frio para a indução e estudo experimental da dor aguda em laboratório, mas também sugere uma importante associação entre dor e ansiedade.

Keywords : Dor; Teste de Pressor ao Frio; Transtorno de Pânico; Questionário McGill de Dor.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese