SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 issue3The contribution of cognitive variables for reading and writing in Brazilian portuguese author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

SBICIGO, Juliana Burges  and  DELL'AGLIO, Débora Dalbosco. Ambiente familiar e adaptação psicológica em adolescentes. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2012, vol.25, n.3, pp. 615-622. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722012000300022.

A associação entre qualidade das relações familiares e adaptação psicológica tem sido subinvestigada na literatura. Esta pesquisa testou a relação preditiva entre ambiente familiar (através das dimensões coesão, hierarquia, apoio e conflito) e indicadores de adaptação psicológica (autoestima, autoeficácia geral e baixos níveis de autodepreciação) em adolescentes utilizando modelagem de equações estruturais. Participaram 656 estudantes de escolas públicas entre 12 e 18 anos, que responderam ao Inventário do Clima Familiar, à Escala de Autoestima de Rosenberg e à Escala de Autoeficácia Geral Percebida. Os resultados indicaram que o ambiente familiar (coesão, apoio e baixos índices de conflito) foi um preditor significativo de adaptação psicológica. Conclui-se que relações familiares funcionais são importantes para a expressão de características psicológicas positivas na adolescência.

Keywords : Relações familiares; autoestima; autoeficácia; adolescente.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English