SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 issue3The contribution of cognitive variables for reading and writing in Brazilian portuguese author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

SBICIGO, Juliana Burges  and  DELL'AGLIO, Débora Dalbosco. Ambiente familiar e adaptação psicológica em adolescentes. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2012, vol.25, n.3, pp. 615-622. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722012000300022.

A associação entre qualidade das relações familiares e adaptação psicológica tem sido subinvestigada na literatura. Esta pesquisa testou a relação preditiva entre ambiente familiar (através das dimensões coesão, hierarquia, apoio e conflito) e indicadores de adaptação psicológica (autoestima, autoeficácia geral e baixos níveis de autodepreciação) em adolescentes utilizando modelagem de equações estruturais. Participaram 656 estudantes de escolas públicas entre 12 e 18 anos, que responderam ao Inventário do Clima Familiar, à Escala de Autoestima de Rosenberg e à Escala de Autoeficácia Geral Percebida. Os resultados indicaram que o ambiente familiar (coesão, apoio e baixos índices de conflito) foi um preditor significativo de adaptação psicológica. Conclui-se que relações familiares funcionais são importantes para a expressão de características psicológicas positivas na adolescência.

Keywords : Relações familiares; autoestima; autoeficácia; adolescente.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English