SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue3Use of urban spaces by children: exploring the behavior of playing in public squaresHomoparenthood: a review of scientific production author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

LEONIDAS, Carolina  and  SANTOS, Manoel Antônio dos. Redes sociais significativas de mulheres com transtornos alimentares. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2013, vol.26, n.3, pp.561-571. ISSN 0102-7972.  https://doi.org/10.1590/S0102-79722013000300016.

O presente artigo teve como objetivo investigar como se configuram as redes sociais significativas de mulheres com transtornos alimentares (TAs), o apoio social percebido e suas possíveis implicações para a evolução do quadro. Foram investigadas seis mulheres cadastradas em um serviço de assistência em TA da região sudeste do Brasil. Os instrumentos utilizados foram Mapa de Rede e entrevista semiestruturada. Os relatos foram submetidos à análise de conteúdo temática. Evidenciou-se que as relações interpessoais consideradas significativas eram muito escassas e apresentavam baixa qualidade em termos de grau do envolvimento e apoio mútuo, comprometendo o potencial de apoio e, consequentemente, o bem-estar das participantes. A família caracterizou-se como a principal fonte de apoio social. Concluindo, há necessidade de incluir as redes de apoio na assistência, a fim de fortalecê-las para prevenir agravos.

Keywords : Transtornos alimentares; redes sociais; apoio social.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License