SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue1Validity evidence of the brazilian version of the Mindful Attention Awareness Scale (MAAS)Child neglect based on the use of the Child Neglect Index applied in Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

VASCONCELOS, Alina Gomide; TEODORO, Maycoln Leôni Martins; MALLOY-DINIZ, Leandro  and  CORREA, Humberto. Componentes da impulsividade avaliados pela versão brasileira da Barratt Impulsiveness Scale (BIS-11). Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2015, vol.28, n.1, pp.96-105. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/1678-7153.201528111.

O objetivo principal desse estudo foi investigar as características psicométricas da Barratt Impulsiveness Scale (BIS-11). A análise do conteúdo dos itens foi realizada por sete doutorandos. A amostra foi composta por 897 estudantes submetidos a BIS-11 e a medidas de autorrelato sobre a presença de sintomas de Transtorno Mental Comum e TDAH, uso de álcool e tabagismo. A idade média foi de 27,32 (DP=8,69) anos, 56% eram mulheres e 52% tinham educação superior incompleta. Análises de conteúdo e fatorial indicaram que a impulsividade é representada mais adequadamente por dois fatores denominados dificuldade de planejamento e controle inibitório. Concordância teste-reteste indicou que os escores se mantiveram estáveis após sete meses. Adicionalmente, os escores da BIS-11 discriminaram os indivíduos em termos de tabagismo e sintomas psicopatológicos, indicando evidências de validade de critério. A discussão dos resultados foi baseada no modelo neuropsicológico dos componentes quentes e frios das funções executivas.

Keywords : Impulsividade; dimensionalidade; BIS-11.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )