SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue1Portuguese adaptation of the coparenting questionnaire: confirmatory factor analysis, validity and reliabilityTranslation, cultural adaptation and psychometric properties of the Brazilian Version of the Test of Performance Strategies author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

COSTA, Pedro Alexandre; OLIVEIRA, Raquel; PEREIRA, Henrique  and  LEAL, Isabel. Adaptação dos inventários de sexismo moderno para Portugal: o inventário de sexismo ambivalente e o inventário de ambivalência em relação aos homens. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2015, vol.28, n.1, pp.126-135. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/1678-7153.201528114.

A relação entre homens e mulheres é única e composta por desigualdade e preconceito dirigido aos membros do sexo oposto. Enquanto a forma hostil de sexismo foi já muito estudada, o sexismo moderno é caracterizado pela simultaneidade de formas hostis e benevolentes de preconceito, e por isso conceitualizado como Sexismo Ambivalente. O objetivo deste estudo foi adaptar o Inventário de Sexismo Ambivalente (ASI) e o Inventário de Ambivalência em relação aos Homens (AMI) para a população Portuguesa, e avaliar as suas propriedades psicométricas. Ambos os inventários foram administrados a 258 estudantes universitários (31% homens e 69% mulheres), com uma média de idade de 27 anos. As análises fatoriais confirmatórias revelaram evidência da multidimensionalidade de ambos os inventários, validade fatorial, convergente e discriminante, e fiabilidade interna. Os homens revelaram níveis mais elevados de hostilidade e de benevolência dirigido às mulheres, as mulheres revelaram maiores níveis de hostilidade dirigida aos homens. A hostilidade em relação aos homens aumentou com a idade, enquanto a benevolência diminuiu. O preconceito hostil e benevolente foi maior em pessoas com menos anos de escolaridade. Religiosidade correlacionou significativamente com os índices de sexismo benevolente. Foi assim demonstrada a validade e confiabilidade da adaptação dos Inventários de Sexismo Moderno em Portugal.

Keywords : Sexismo ambivalente; sexismo benevolente; sexismo hostil; análise fatorial confirmatória.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )