SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue1Social representation of sex in portuguese young adultsCareer construction: the role of children's perception about parental educational styles in vocational exploration author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

SANTOS, António J. et al. O reduzido envolvimento social: implicações para o ajustamento psicossocial de crianças em contexto pré-escolar. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2015, vol.28, n.1, pp.186-193. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/1678-7153.201528120.

O reduzido envolvimento social, aspeto central na definição da solidão social, foi analisado numa amostra de 337 crianças portuguesas (171 rapazes), com idades compreendidas entre os três e os cinco anos. Com base em metodologias de observação, realizadas em contexto de Jardim de infância, verificou-se que níveis reduzidos de envolvimento social estão negativamente associados a baixos níveis de competência social, de resiliência e de um elevado ego-controle. A aceitação pelos pares, o impacto e a preferência social, analisados com base nas medidas sociométricas, encontram-se, também, negativamente associados com os níveis de baixo envolvimento social. Os resultados refletem as dificuldades de ajustamento psicossocial destas crianças e enfatizam o seu potencial risco para o desenvolvimento saudável.

Keywords : Reduzido envolvimento social; pré-escolar; ajustamento psicossocial.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )