SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue3Need for Cognition Scale (NCS-18): Effect of Negative Items in its Factorial StructureAlternative Versions of the Logical Memory Subtest of the WMS-R: Performance Analyses of a Healthy Sample from the City of São Paulo author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972On-line version ISSN 1678-7153

Abstract

MONTEIRO, Vera; MATA, Lourdes  and  PEIXOTO, Francisco. Inventário de Motivação Intrínseca: Propriedades Psicométricas em Contexto de Aprendizagem da Língua Materna e Matemática. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2015, vol.28, n.3, pp.434-443. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/1678-7153.201528302.

O Inventário de Motivação Intrínseca (IMI) é um instrumento utilizado na avaliação subjetiva da experiência vivida pelos sujeitos durante a realização de uma atividade, e está fundamentado, teoricamente, na Teoria da Autodeterminação (SDT). Este trabalho teve como objetivo estudar as propriedades psicométricas do IMI em estudantes portugueses, testando quatro modelos de organização (unidimensional, multidimensional, hierárquico e bifatorial). Participaram no estudo 3685 alunos (50,4% rapazes) do 5º ao 12º ano de escolaridade (M = 13,67, DP = 2,26). Foram utilizadas duas versões do IMI (língua materna e matemática), constituídas por 21 itens, distribuídos por 5 subescalas: Prazer, Perceção de Competência, Pressão/Tensão, Escolha Percebida e Valor/Utilidade. A análise fatorial confirmatória atestou a multimensionalidade da motivação intrínseca e o modelo bifatorial apresentou os melhores índices de ajustamento. Este modelo evidenciou a existência de um fator geral, resultante do contributo de todas as dimensões e a especificidade da maioria das dimensões. Os resultados permitiram igualmente constatar valores muito aceitáveis para a fidelidade, tanto através do Alfa de Cronbach, como pelo cálculo da Fiabilidade Compósita. Estes resultados indicam que esta escala é apropriada para avaliar os constructos teóricos subjacentes à SDT, permitindo obter uma medida global de motivação intrínseca e, em paralelo, medidas específicas para os seus preditores.

Keywords : Motivação intrínseca; matemática; língua materna; Teoria da Autodeterminação.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )